O que mudou na entrevista de emprego?

Os processos seletivos para contratação de profissionais evoluíram ao longo dos anos, tornando-se mais humanizados e mais relacionados à atividade da empresa. Outras variáveis também podem influenciar e delinear as seleções, como as mudanças tecnológicas, as estratégias empresariais, competitividade, entre outras.

Essas mudanças ou até mesmo melhorias, interferem diretamente na perspectiva do avaliador, que nem sempre é apenas o profissional de RH. É natural que gestores de outras áreas da empresa participem da avaliação e escolha do candidato.

Pensando no momento atual, destacamos algumas dicas para sua próxima entrevista:

1 – Pesquise sobre a empresa: é importante que o candidato tenha uma noção da história, negócio, principais produtos/serviços, pontos positivos, campanhas e etc. Mas vale lembrar que essas informações só devem ser postas se forem perguntadas ou couberem em algum contexto.

2 – Postura nas redes sociais: da mesma forma que você teve o cuidado de pesquisar sobre a empresa, muitos recrutadores já utilizam a observação das redes sociais como parte integrante da seleção. Então, dá aquela olhada básica e reflita se sua postura está condizente com a vaga pretendida.

3 – Seja ético com as empresas que trabalhou: tente não desabafar as experiências ruins que teve em empregos anteriores. Você não precisa omitir caso o recrutador pergunte o motivo de sua saída, mas se esforce para responder com elegância e ética.

4 – Seja verdadeiro: esqueça aquelas respostas prontas que antes eram ensaiadas no espelho, até porque as perguntas mudaram e não seguem mais um padrão. Pode parecer clichê, mas seja você, com defeitos e qualidades. Quem te contratar, vai contratar pelo conjunto da obra, e mais que isso, por sua disponibilidade de aprendizagem e crescimento. Mas cuidado… Nada de “sincericídio”!

5 – Se acalme: é importante manter a tranquilidade para conseguir demonstrar suas competências  no processo seletivo. Seja confiante, considere seus aspectos positivos, trabalhe sua forma de falar, use roupas confortáveis, tome aquele copo d’água, respire e dê o seu melhor. Afinal, você só pode fazer a sua parte; a escolha não está com você.

É isso. Boa entrevista! 😉